Bariloche, Gripe Suína e … Google

Nosso site tem bons artigos sobre Bariloche (clique aqui para ver artigos). Nesta época do ano – em particular de maio a agosto – aumenta o interesse das pessoas pela bela cidade turística do sul da Argentina. O número de acessos diários, que normalmente gira em torno de 30, passa para mais de 150! Este ano deveria chegar mais alto, pois o máximo do ano é atingido em julho. Estavam as coisas assim, quando surgiu a gripe suína. Com a evolução da doença na América Latina, nosso Ministro da Saúde recomendou que não se viajasse para os países da América Latina e citou a Argentina como destino a ser evitado. Nosso vizinho do sul está encrencado. A gripe está correndo solta. Até 9 de julho, já morreram cerca de 50 pessoas na Argentina (em 14 de julho já se falava em mais 100 óbitos) vitimadas pela gripe Influenza A (H1N1). A taxa de letalidade (percentual dos que morrem entre aqueles que contraem a doença) é a mais alta da região. Está em mais de 2,5%, mais de cinco vezes mais que no Brasil, que está em 0,45%. Como houve poucas mortes no Brasil, nossa estatística ainda é pouco representativa. Tende a aumentar. Mas já surgiram comentários de que a gripe está ficando mais branda e sua letalidade se aproxima de uma gripe normal. Não sou médico, mas acho que os casos novos, por serem muitos, não terão o tratamento superatencioso do começo da epidemia. Como as pessoas serão mal tratadas, a chance de mortes aumentará. Hum …

A sugestão do ministro foi acatada imediatamente pelos potenciais turistas. Pudemos medir a repercussão. Os acessos à página de Bariloche caíram mais de 50%. Ou seja, o povo não se interessou mais em saber sobre viagem a Bariloche. Imaginem o reflexo dessa alteração de interesse sobre vendas de pacotes de turismo. Deve ter muita gente desistindo de viajar para lá.

E o que tem a ver o Google (citado no título) com isso? Vejam só. Se nós podemos medir que houve mudança no interesse em Bariloche através do indicador de visitas à página sobre a cidade, imagine o tanto de dados de que o megasite de busca dispõe para tirar conclusões valiosas sobre qualquer assunto. As pesquisas sobre Bariloche devem ter caído muito. Quantas buscas tiveram as palavras “bariloche” e “suína” juntas? Os caras do Google cada vez sabem mais sobre nossos hábitos, nossa vida em geral. Estas informações são muito valiosas para definir decisões de marketing. Nem entro no mérito de como esse conhecimento pode ser usado para controlar a vida dos cidadãos. Imagine como estes recursos são usados na pouco democrática China? Talvez se justifique a paranóia sobre o poder que o Google tem sobre nós a partir das grande quantidade de informação que possui sobre nossos hábitos.

Em tempo, como este assunto “gripe na Argentina” está no topo do interesse das pessoas, esta página deve ter muitos acessos. Veremos.

65 thoughts on “Bariloche, Gripe Suína e … Google”

  1. Olá! Voltei de Bariloche dia 28 de agosto e correu tudo bem com relacao a gripe suina. Lá ninguém comenta disso e aqui estamos todos bem de saúde nesse momento. Cidade e tudo muito lindo. Tambem fiquei no Hotel Ayres Del Nahuel e recomendo.

  2. Lidiane,eu fiquei no Ayres del Nahuel, entre outros bangalos fora da cidade. Recomendo o Ayres de olhos fechados – excelente apartamento, atendimento e localizaçao (veja no site). Em Agosto/2009 paguei $300 pesos/diaria com café muito razoável e estacionamento.

  3. Olá. Após ver o comentário de todos, decidir viajar para Bariloche no mês de Outubro desse ano. Mas estou com dúvida em relação a hotel. Gostaria de ficar num hotel bom, com uma vista bonita e que não seja tão caro. Andei olhando na internet e vi que existem muitos hotéis no Centro bons, como também perto Lago Nahuel Huapi. Assim, gostaria de ter uma ajuda quanto a escolha.

  4. Villa La Angostura, sim, recomendo, mas não gaste muito de seu tempo lá. Cerro Bayo??? Bonito, mas uma arapuca para brasileiros. Veja que quase só dá brasileiro lá. Metido a chique e carissimo. Aluguel de roupas e equipamentos no local, um roubo. Dobro do que paguei em Bariloche. Subida ao Cerro igualmente um roubo. Tambem dobro do preço que qualquer subida ao Catedral.

  5. Acho que não entendi o espirito do comentário abaixo??? Se o titulo do Blog é Bariloche, gripe suina, etc, deve-se falar de mais o quê neste espaço??????

    Respondendo: Boa pergunta Aluisio. Eu postei uma matéria sobre Bariloche, gripe e … Google. O pessoal começou a se comunicar através dos comentários do artigo. As informações surgidas foram relevantes. E assim a coisa foi acontecendo …

  6. ola moçada! Será que dá para mudar o rumo da prosa? Vamos passar para outro assunto menos chato que gripes e Bariloche? Se voces compram passagem, com filhos, para alguma parte, logicamente sabem o que estão fazendo. Não será uma opiniaõ do blog que vai formar sua opinião. Ou é vontade de contar que vai à”Bari” ou é mesmo falta de assunto. Vmos la moçada, valorizem o blog! contem alguma coisa mais interessante e menos badalada ok?Sori.

  7. Olá estive em Bariloche do dia 08 agosto até o dia 16, escrevi no meu blog o que achei sobre a gripe suina e a neve, quem estiver viajando pra lá, visite: blig.ig.com.br/cristianespina

    Obrigada,

    Cris

  8. Se alguem tem duvidas quanto a alimentacao, fiquem tranquilos. Fui com 3 criancas e eles adoraram. Comeram lomo (filet mignon) com papas fritas, muito chocolate quente e em todos os refugios nos Cerros tem hamburguesas (xBurguer) que eles amam. Tb tem muitos restaurantes bons que servem massas muito boas. Jantamos no Familia Weiss com direito a show de tango. Sei que eh coisa para gringo ver (no caso nos brasileiros) mas como nao passei em Buenos Aires desta vez, valeu… Nao deixem de ir na Mamuskla (alem dos chocolates, claro, provem o suco de framboesa e o tostado de presunto e queijo. sao divinos). Ah… para quem naum esta de regime, o mil folhas da Mamuskla (fica na rua Mitre), com doce de leite eh algo para nao esquecer tao cedo (mas vah com alguem para dividir, pois sao enormes e acabam enjoando).
    Bem, eh isso… Escrevo com saudades !!!

  9. Ola a todos. Voltei de Bari no dia 31/07 e ate agora sinto saudades. Entrei para ver as novidades e o pessoal em agosto estah vendo a neve cair. Lindo!!! Em julho, nao tivemos a mesma sorte. nevou apenas a noite. Mas tinha neve suficiente para curtirmos todos os programas, menos Piedras Blancas que estava fechado. pelo que li, agora estah tudo funcionando. Mas escrevo, na verdade, para tranquilizar a todos com relacao a gripe. Voltei a 17 dias e ninguem do nosso grupo teve qq problema. A gripe estah bem longe de Bari. Minha vontade eh voltar ara la correndo. Curtam muito !!!!! pois nos curtimos para valer. Nos hospedamos no Hotel Cacique Inacayal e a vista do nosso apto e do lounge do hotel e indescritivel. Maravilhoso. Em Cerro Bayo, esquiamos muito. As pistas verdes e azuis estavam otimas. espero que continuem. E Cerro catedral estava otimo, mas a neve estava acabando. Agora, que estah nevando, deve estar maravilhoso… Saudades !!!!!!

  10. Alice: Obrigada por responder e pelas dicas!
    Com certeza vou bem mais tranquila. E meu filho já ficou bem animado com o fato de passar uma semana com cachorro quente e batata frita. Um grande abraço.

  11. @Sandra
    Vá tranquila. Existem milhares de coisas para voce fazer com seu filho de 4 anos.
    A cidade é tranquila e a neve deliciosa. Não é necessário adiar sua viagem. É claro, tome alguns cuidados, tais como levar o gel antisseptico e usá-lo constantemente…se tiver alguem ao seu redor com gripe, fique afastado.
    Meu filho comeu razoavelmente. Batata, carne, macarrão, hamburguer, sopas,cachorro quente e chocolate não vão faltar em nenhum lugar ou hotel. E, com certeza, seu filho vai adorar. (é só por uma semana…)
    Chegamos em Bari em 08 de agosto e não tinha neve em muitos lugares, mas 3 dias depois a neve caiu todos os dias e os passeios ficaram mais lindos…
    abraços

  12. Olá gente !!!
    Bem, relatório completo para quem interessar…
    Bariloche continua linda. Viajei com meu marido e meu filho de 9 anos e voltamos no dia 15 de agosto.Tudo estava maravilhoso. Cidade vazia, em comparação aos outros anos.Restaurantes e comida muito barata…A neve está caindo quase todos os dias desde 12 de agosto. A chuva incomoda um pouquinho, mas nos passeios, que são mais afastados da cidade a neve cai a todo momento.O vento está bem forte, principalmente em Cerro Catedral e Cerro Bayo. Por isso para quem tem crianças, os oculos são imprecindiveis.Vi crianças e bebes por todo lado e a gripe suína está passando longe de Bariloche. Vão tranquilos…Comprem tudo que precisam por lá. Tudo é a metade do preço do Brasil.
    Não deixem de tentar esquiar em Cerro Catedral e em Cerro Bayo(que estava muito mais vazio e tranquilo para aprender), escorregar em piedras blancas(esta tudo com neve e não tinha barro por lá(para quem conhece as vezes tem muito barro), Refúgio Neumeyer(é barbaro…para praticar o ski nórdico), comer no Cerro Otto(um restaurante giratório onde nevava como jamais vimos por lá)e comer no Boliche do Alberto e nos Los Molinos(uma carne maravilhosa)onde se come muito bem gastando 50 reais em tres pessoas…
    Então, para quem tem crianças, levem sem culpa…
    Abraços e boa viagem a todos

  13. Olá Cris! Estamos com viagem marcada p/ dia 20/08 com nosso filho de 4 anos e ainda em dúvida sobre o possível cancelamento. Como vc foi com criança pequena – que poe a mao em tudo – gostaria de ter mais informações. Obrigada.

  14. Olá pessoal! Voltamos de Bari no Domingo 09/08/09. Quem está preocupado com a gripe, vá tranquilo, pois lá nem se fala na gripe! Claro, tomar os devidos cuidados sempre é bom…Quem estiver esperando a neve, não desanime, ela pode aparecer a qualquer momento! Na segunda-feira (03/08) fomos ao Catedral e a base do Cerro estava sem nenhuma neve, vimos apenas ela no chão, no alto do morro. Tivemos a sorte de ver a neve caindo no Cerro Otto, com flocos gigantes e muito forte, no dia 04/08 as 17:30, foi lindo!! No dia seguinte, voltamos ao Cerro Catedral bem cedo e tbem pegamos a neve caindo, na base do Cerro, quem chegou mais tarde perdeu o espetáculo, viu apenas ela no chão, uma pena, pois estava divino!
    Fizemos diversos passeios que valem muito a pena:
    1. La Angostura e Cerro Bayo (muito lindo o visual dos dois lados e tbem ótimo para aprender esquiar! e a Vila Angostura é uma graça. Pegamos um ônibus no terminal de Bariloche (do centro até lá são 15 pesos de taxi, pagamos 14 pesos por pessoa na empresa Algarrobal e fomos até a Angostura (o caminho é muito lindo), de lá pegamos um taxi que custou 35,00 pesos até o Cerro Bayo, muito mais barato do que ir com a CVC ou outras empresas!)
    2. No Cerro Catedral (tem um ônibus vermelho que passa pela rua Moreno e tbem no centro Cívico que custa 6,00 pesos) não deixem de ir até o Punta Nevada (pegue o Cable Carryl um bondinho azul para 25 pessoas que leva ao ponto mais alto para as pessoas que não esquiam) e de lá pegue as cadeirinhas para o Refugio Lynch, uma das vistas mais incríveis que já vimos!!!
    Na base do Catedral, perto do estacionamento, há uma empresa que faz passeios de quadriciculos (amarelos) e moto de neve, chama E-Diesel Snowmobiles&Quads(são equipamentos muito novos, todos automáticos) que é simplesmente maravilhoso!!! O passeio é feito no meio do bosque, num caminho todo nevado.
    3. O visual no Cerro Campanário tbem vale a pena, que está incluso no Circuito Chico.
    4. Fomos ao Cerro Otto que tem uma confeitaria giratória, o visual é lindo tbem e a subida com os bondinhos pra 4 pessoas é lindo…Ah, lá o skibunda é muito bom, porque depois a subida é feita num Funicular, em meio a neve! Quem estiver no centro pode pegar um onibus gratuito até o Cerro Otto (ida e volta)
    5. O Pedras Brancas tem um visual muito lindo. Vale a pena tbem pra quem quer fazer skibunda, mas precisa ter bastante neve, pois quando fomos, algumas pistas estavam com muita lama e neve junto. Nós fomos apenas para passear e gostamos muito da vista lá de cima.
    6. Na rua principal da cidade (Mitre), não deixem de comer os cubanitos, um enroladinho crocante, com recheio de doce de leite…muito bom!! Nesta rua tem de tudo, as roupas são muito baratas (não levem a mala muito cheia do Brasil, nós tivemos que comprar uma mala extra pra trazermos as roupas que compramos por lá).
    Não deixem de comer a tábua de defumados(=ahumados), muito boa!
    Era isso, espero que tenha ajudado!
    Saímos de Bariloche já com saudade e com vontade de voltar…

    Respondendo: Valeu Thalita. Obrigado pelas dicas. Gustavo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.