por que o pessoal dirige à noite com faróis apagados?

Hoje tá chovendo no Rio de Janeiro. A chuva alterna entre cair mais forte ou ser uma mera garoa. A água se acumula nos vidros dos carros dificultando a visão de quem dirige. De noite, o efeito prejudicial das gotas nos vidros, principalmente os de trás, é maior. A gente vê o contorno dos carros e a grande salvação para identificá-los são os faróis. Apesar disso, o brasileiro tem a mania de andar de carro de noite apenas com as lanternas ligadas. Nos dias de chuva, a combinação da luz mortiça das lanternas com os reflexos de luz que aparecem nas gotas presas no pára-brisa traseiro pode ser determinante para causar acidentes. O carro que trafega apenas com as lanternas acesas fica escondido. Ainda mais porque os carros que estão com os faróis ligados chamam muito mais a atenção. O resultado da imprudência ou ignorância dos motoristas que dirigem com os faróis desligados é que qualquer mudança de trajetória, por exemplo, uma mudança de faixa, é uma ação de alto risco. Afinal, o automóvel ninja que está perto do seu carro passa despercebido de noite. Quando está chovendo a coisa fica séria. O carro fica mimetizado na escuridão combinada com as fracas luzes que as gotas d´água refletem.

Em alguns lugares do mundo (por exemplo: EUA), a lei de trânsito manda acender o farol se começar a chover, mesmo que seja dia claro. Já existem carros vendidos no mercado internacional cujos faróis ligam automaticamente quando se dá partida no veículo. No Brasil, a lei manda acender o farol de noite, o que é bastante razoável e deveria ser seguido sem problemas. Mas não é. A impressão que eu tenho é que pelo menos um em cada quatro veículos circula apenas com as lanternas acesas. Eu bem queria saber qual o sábio motivo que leva o povo a agir assim.

3 thoughts on “por que o pessoal dirige à noite com faróis apagados?”

  1. Enquanto alguns preocupam com um fato grave que pode tirar vidas , andar com farol apagado a noite está errado de acordo com o código nacional de transito, outros preocupam com o português , putz

  2. Se o botão dos faróis permite que se acendam as lanternas sem acender os faróis, pergunto: em que situação devemos acender as lanternas mas não os faróis?
    Se não existe essa situação, as montadoras poderiam usar um botão com uma seção a menos, portanto, mais barato. Divido os royalties com Polemikos.

    Respondendo: Interessante questão. Acho que há situações em que só precisamos de uma luz para iluminar por perto. Veja o caso da parada em frente a uma guarida em que se pede “desligar os faróis”. Podemos desligar tudo? É melhor não contrariar esse povo. Mas, em linhas gerais, você tem razão, o ganho com o uso compulsório dos faróis compensaria os poucos (se existem) casos em que bastariam as lanternas. Fechado! Dividimos os royalties meio a meio.

  3. A bem do vernáculo, sugiro que se substitua “dirigir de noite” por “dirigir à noite”.

    Respondendo: Feito! Estamos mesmo precisando de um revisor por aqui…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.