Iniciando no Lightroom

Tô começando. O Lightroom é uma solução esperta para cuidar das fotos. É mais profissional que um Picasa e menos pedreira que o Photoshop. Isso, sem falar no preço, que fica no valor viável em torno de 100 dólares.

Para quem está começando, como eu, há um bom artigo de Scoot Kelby, que parece ser figurinha famosa no terreiro do LR: 10 Things I Would Tell New Lightroom Users. Já vi várias cópias desse artigo em outros blogs. As dicas tocam em pontos interessantes tais como qual a abordagem utilizar para arquivar as fotos. Ele recomenda deixar de lado os folders e utilizar o recurso de Coleções do LR. A piada é que “os folders são bons para guardar as fotos ruins”.

E quanto a nossa ânsia de documentar nosso precioso material? Vale a pena ficar “tagueando” todas as fotos para poder achá-las num “piscar de dedos”. É válido esse desejo incontido de achar rapidamente todas as fotos. Ele propõe um critério para você saber se deve colocar tag em tudo que é foto. Pergunte a você mesmo: Quando foi a última vez em que eu não consegui achar uma foto simplesmente indo no painel de Coleções do Lightroom? Boa pergunta.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>