Pânico! Começou o golpe das licitações da Copa no Brasil!

Criou-se comissão (não é de 10%, esta já é antiga) na Câmara dos Deputados responsável por “elaborar texto com regras para flexibilizar exigências na realização de licitações de megaobras para a Copa de 2014 e as Olimpíadas do Rio” (O Globo, 12.03.11). Entendo que este é o eufemismo para “liberar as armações nos vultosos contratos que serão realizados nas obras para os dois grandes eventos previstos para o Rio de Janeiro”. Deixarão as obras atrasar. As regras de flexibilização permitirão entregar os projetos às pressas aos mesmos espertos de sempre. É claro que haverá uma pequena taxa para que as coisas andem rápido. Percebem? Para a importante missão, foi escalado o controverso deputado Eduardo Cunha, cuja estranha influência na gestão de estatais como Furnas havia sido esvaziada pelo governo federal. O carinha é poderoso. Sai de um esquema para entrar em outro ainda maior. Causa-nos arrepios. Brrrri…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.