Lyon, França

nossos artigos de viagem foram migrados para o site Caderneta de Viagem, experimentem

Uma agradável surpresa no caminho de Paris para Provence.

Lyon

chegar

Uma maneira natural de chegar a Lyon é descendo de Paris. São 466 km de boa estrada para o carro ou no trem TGV. É ponto de passagem natural para uma viagem de Paris à Provence. De carro não chega a quatro horas de estrada. No TGV são menos de três horas. Mais ou menos no meio do caminho, passamos pela cidade de Beaune, terra dos vinhos da Borgonha. As pequenas encostas apresentam seus belos vinhedos. Uma bela e tranqüila viagem.

Lyon

Lyon é a segunda cidade da França em área urbana e é o segundo maior município. Dois rios atravessam a cidade e quase se tocam: o Rhône e o Saône.

dormir

Recomendo se instalar no bairro da Velha Lyon (Vieux Lyon). Talvez ficasse melhor chamar de Lyon Antiga ou Lyon Velha, mas fiquemos com “Velha Lyon”. Os passeios a pé por ali são suficientes para atender a uma estadia rápida de dois a três dias. O bairro é belíssimo. Cheio de lojas e restaurantes interessantes. A Rue Saint-Jean é a espinha dorsal de um conjunto de ruelas deliciosas para serem exploradas.

Fiquei no Hotel Saint Paul (veja no mapa), no centro da Velha Lyon, na continuação da Rue Saint-Jean. Muito bem situado, com quartos simples. É possível obter bons preços. Consegui 70 euros de diária, na baixa estação. Acreditem, é preço justo se pensarmos apenas na boa localização do hotel.

passear

Uma boa opção de viagem é partir de Paris num sábado de manhã, de trem ou carro, e seguir para o sul. Chegando a Lyon, deixar mochilas no hotel e sair para bater perna. Na Velha Lyon encontra-se a magnífica igreja de St. Jean. A arquitetura lionesa se distribui pelos prédios, com típicas escadarias externas e passagens entre as ruas por dentro dos edifícios.

A Velha Lyon fica embaixo da colina chamada Fourviére. Um funicular nos leva ao alto onde fica a Basílica de Fourviére (veja foto abaixo) e a praça com vista panorâmica para a cidade. Passeio inevitável.

Lyon

Atravessei a ponte sobre o Rhône, e andei do outro lado do rio, mas fiquei mesmo foi explorando a simpática Velha Lyon.

comer

Uma maneira de conhecer a culinária de Lyon é aproveitar a feira do domingo e experimentar de tudo. Tem variedade e qualidade. Seja um bom vinho ou mesmo uma salada para consumir em casa, passando pelos maravilhosos frios lioneses, a feira é uma festa. Entre os frios, não esquecer de consumir o Rosette e o Jesus, dois clássicos dos salames locais. Se você vai seguir viagem para Provence na tarde de domingo, compre o lanche para a estrada. O pão para os sanduíches também é vendido na dita feira e são ótimos. A foto abaixo dá uma ideia da qualidade da charcuterie que a feira oferece.

Lyon

Na noite de sábado, antes do jantar, visitamos um lugar especial, a Cave des Voyageurs (veja foto mais abaixo, veja no mapa). Eu descreveria como um boteco francês. Ao invés de cerveja ou cachaça, escolhe-se o tipo de vinho que se quer experimentar, quero dizer, que se quer beber, e nos servimos de uma taça. Depois, que tal um outro mais frutado? E por aí vamos, bebendo, acompanhando o vinho com queijos e frios locais. Inesquecível. Agora (eu não conhecia antes) há uns queijos preparados como pequenas porções, especialmente para acompanhar o vinho, que são ótimos. Fui apresentado ao Coteaux de l’Aubance (da classe das colheitas tardias, como o Sauterne). Coisa fina! A brincadeira na Cave dos Viajantes é difícil de interromper. E ainda tínhamos um jantar a cumprir. Resistimos e saímos.

Lyon

Para o jantar, escolhemos o Aux Trois Maries, um bom “bouchon lyonnais”, como se chama a cozinha típica local. Ele fica na encantadora Place de La Baleine. Decidimos pelo Menu Gourmet (mais caro, cerca de 40 euros), passando por foie gras e delicioso risoto. Um crème brûlée e uma Île Flottante (ovos nevados) fecharam como sobremesa. O vinho do Rhône funcionou como complemento etílico aos trabalhos iniciados na Cave des Voyageurs.

[Gustavo Gluto]
Copyright © [Polemikos]. Todos os direitos reservados.



29 comentários em “Lyon, França”

  1. Adorei Lyon,as catedrais, o teatro romano,enfim, um passeio enesquecivel.A comida tb é maravilhosa. Como é veräao os parques cheios de gente e eventos. Adorei!

  2. cidade maravilhosa !!
    vou fazer uma viajem para a frança no final desse ano de 2011 ..
    mas infelizmente .. eu não vá à lyon .. vou para guadelupe ..
    mas as duas cidades são maravilhosas !!

  3. Você está sendo muito sábio em divulgar essas maravilhas de Lyon.
    Tive o prazer de viver nesta linda cidade por dois anos e ne arrependi, tano é que estou programando mais uma temporada nesta belíssima cidade a partir de janeiro de 2012.
    Endosso tudo isso que foi dito e digo mais aos brasileiros que que tem intenção de conhecer essa região francesa e que não irão se arrependerem.
    abraço a todos

    1. Parabens pelo seu artigo.Maravilhoso e com dicas fantásticas.
      Em setembro estou indo para Paris ou Lyon para fazer um intensivo de frances
      pois já faço Aliança Francesa em Brasilia.Fiquei maravilhada com os seus comentários e já estou me decidindo por Lyon.
      Voce teve algum contat com estudantes neste periodo em que ficou lá ?
      Merci et à bientôt.

  4. a xei muito bem ajudou-me muinto num trabalho que eu estava a preparar para uma amiga minha ,e o que tenho a dizer é que continuem e que têm muitos comentários !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$================0???????????????’
    data: 20/12/2010

  5. Que maravilha suas dicas, estou adorando. Deixa eu te explorar mais um pouquinho. Pretendo fazer uma viagem de 10 dias de carro, em abril de 2011, pelo sul da França, vindo de Barcelona. Lyon, Annecy são cidades com destino certo. Quais outras vc me sugere. Amo gastronomia e vinho. Beijos e muito obrigada pela atenção. Ah! e belas paisagens logicamente não podem faltar.

    Respondendo: Oi Gilmara. Veja algumas cidades interessantes na Provence nos artigos sobre a região.

  6. Amei as dicas, vou para Lyon dia 29out10, estou lendo tudo a respeito para ter um melhor aproveitamento. Não sei nada em francês, apenas falo um inglês básico. Fui informada que é necessário conhecimento da língua porque os franceses se negam falar inglês. Procurei na internet a respeito e ainda não localizei nada, se vc puder me informar algo a respeito. Muitíssimo obrigada e parabéns pelas excelentes informações.

    Respondendo: Obrigado Lariessa. Essa história de que os franceses não falam inglês é uma lenda. Eles perceberam há muito que turismo dá grana e tocaram a aprender inglês para atender os gringos. Nos hotéis você poderá se entender muito bem em inglês. O Brasil está na moda e estamos com algum dinheiro. Assim, ficamos importantes. Você deverá encontrar atendentes falando português. Na Galérie Lafaytte, me apresentaram uma moça que falava português e era direcionada para nos atender. De todo modo, vale a pena ser simpática com eles: um “merci” e um “sivuplé” (!?) sempre ajudam. No mais, o país é maravilhoso. Boa viagem.

  7. oi mneu querido, tudo bem?
    adorei!
    mas queria muito sua ajuda, é que estudo a língua francesa e estou precisando de uma ajuda..quero saber tudo sobre a cidade de lyon, onde fica ,ou sua localização, sua cultura,economia, as principais areas turisticas dessa cidade.
    tu podes me ajudar???
    se tu poderes, manda isso pro meu e-mail (lechim78@hotmail.com)
    abraços

    REspondendo: Oi Michel. Em tempos de internet e Dr. Google, como você pode se afligir com falta de informação? Comece colocando “Lyon” na busca do Google e todo um mundo surgirá a sua frente.

  8. Gostaria de saber se existe um bar em baixo de um viaduto na cidade de Lion na França?
    Se puder me ajudar agradeço!
    Teonilia

    Respondendo: Oi. Não vi quando estive lá. Deixemos aqui o comentário para que alguém possa te responder.

  9. podiam era falar um pouco da história de Lyon, não acham . . . Fica a sugestão .

    Respondendo: Oi Mary. Obrigado pelo feedback. Nossa abordagem é mais superficial, com alguns comentários sobre a beleza do lugar e dicas de pontos que tenham destaque. Sem dúvida, um pouco de história faria bem, vamos ver se conseguimos preparar. Alguém se habilita?

    1. Oi meu nome e tania! Gostaria de saber qual a temperatura de lá! Eu adoro calor e como tou a pensar ir lá gostaria q me informassem sim? Merci

  10. É a capital gastronômica da Franca e, consequentemente, do mundo!!! Nunca comi tão bem, nem em Minas Gerais….

  11. conheci lyon e adorei…cidade acolhedora ,de pessoas muito receptivas …muitos estudantes pela rua ….culinaria das melhores!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.