o maior golpe em forma de pirâmide de todos os tempos

clique aqui para ver nosso artigo descrevendo como são os golpes das pirâmides
clique aqui para saber sobre o golpe dos contêineres

Esta semana pipocou o mais novo e talvez o maior escândalo de correntes de todos os tempos. O golpe é da ordem de 50 bilhões de dólares. Bernard Madoff, ex-presidente da Nasdaq, criou um fundo de investimento que acobertava uma verdade dolorosa para seus clientes: era uma corrente. Steven Spielberg caiu no golpe. Mas o famoso diretor de cinema tem fortuna da ordem de bilhão de dólares e pode se dar ao luxo de perder alguns milhões. Havia ONGs e instituições de caridade que aplicavam no fundo de investimento seguro do Madoff. Perderam tudo e praticamente deixarão de existir. O montante que brasileiros espertos perderam com o golpe pode chegar a US$ 2 bilhões. Deve ter gente deprimida em São Paulo por esses dias. Se serve de consolo, o foco dos clientes de Madoff eram os mais abastados. Mais uma vez os órgãos reguladores americanos não repararam nada nesse malandro bom de papo que dizia que “não podia dar muitos detalhes de seus negócios”. O cara era bom mesmo.

As escolas deviam ensinar o que são pirâmides (infelizmente não são as do Egito), correntes ou bolhas, ou que nome se dê a esse tipo de golpe financeiro. Refiro-me ao golpe que periodicamente retorna à cena, que se baseia em pegar dinheiro dos incautos, oferecendo uma lucratividade muito grande no futuro. Como dinheiro não dá em árvores, o esquema se sustenta tirando dinheiro de quem chega por último para pagar quem chegou primeiro na jogada. Por um tempo, o sistema funciona. Um dia, que pode ser semanas ou chegar a anos, como foi o caso do golpe do norte-americano, o esquema quebra e quem tinha dinheiro para receber fica sem nada. O governo brasileiro, que cria leis inócuas todos os dias, poderia criar uma lei útil, que obrigasse as escolas a ter em seu currículo a explicação desse modelo do golpe, mostrando exemplos e alertando os futuros cidadãos para que não caiam na armadilha. Vejam nosso artigo explicando o que é corrente e apresentando exemplos.

Marcados com: ,
Publicado em extra
Um comentário sobre “o maior golpe em forma de pirâmide de todos os tempos
  1. Ricardo disse:

    De certa forma esse caso nos mostra o quanto as pessoas se apegam ao dinheiro. Vivem bem apenas com os extratos mensais, muitos morreram felizes apenas por pensarem ter milhoes rendendo muito todos os dias, mas jamais tirariam seu dinheiro dessa aplicacao.
    Uma vez ruido o castelo de cartas, o desespero veio a tona, alguns ate pensaram em dar um fim a vida.
    Como toda mentira, para que continue com credito, ela deve ser mantida, e para isso, uma mentira em cima de outra, os milhoes foram se acumulando e como em qualquer piramide, quando a base esta muito alargada, nao existe como mante-la. Ha males que vem para o bem, nao fosse a crise mundial, o esquema poderia seguir fazendo mais e mais vitimas incautas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Parceiros