Como ganhar dinheiro com o segredo de “O Segredo”, de Rhonda Byrne

O Segredo começa com uma citação que é o resumo do conteúdo da obra: “O que está em cima é como o que está embaixo. O que está dentro é como o que está fora.” – Tábua das Esmeraldas, cerca de 3.000 a.C.

Entendeu? Provavelmente não. Vou ajudar. Vou lhe contar como se faz. As próximas palavras que você lerá poderão mudar sua vida. Elas lhe mostrarão como alcançar fama e fortuna escrevendo livros como o de Rhonda Byrne.
Segundo a autora, O Segredo é antigo e valioso. Diz ela: “Altamente cobiçado, ele foi transmitido ao longo dos tempos, ocultado, perdido, roubado e comprado por grandes somas de dinheiro.” Parece roteiro do filme Código Da Vince. Pois é mais ou menos por aí. O grande segredo é saber como escrever obras de qualidade duvidosa que tenham apelo popular e faturem milhões. Neste ramo, o livro O Segredo é exemplar. Já vendeu cerca de 10 milhões de cópias e gerou uma coleção de outros livros que pretendem tirar uma casquinha do sucesso do original. A autora Rhonda Byrne nos apresenta um modelo para se conseguir tudo que se deseja. Pelo menos, no que se refere aos desejos dela, o objetivo foi atingido. Ela e seus editores devem estar zilionários. Seja para ganhar dinheiro, curas milagrosas, sucesso profissional ou no amor, para tudo serve o dito Segredo. A apresentação do livro traz a boa nova: “Agora O Segredo está sendo revelado ao mundo.” Pois vou fazer o mesmo. Trarei a você “A Receita”, as regras mães de todos os livros de auto-ajuda. Vou lhe ensinar a ganhar dinheiro e usufruir de todas as maravilhas da vida. Você lerá a seguir um resumo do livro. Prepare-se, você será apresentado nas próximas linhas à definição de um projeto que pode levá-lo a fortuna. Se você for diligente, poderá conseguir até a vida eterna. Só depende de você. Pessoas espertas, como é o caso do bruxo Paulo Coelho, amealharam dinheiro e fama através do emprego da fórmula que vos passo a seguir. Enfim, A Receita se revela! Apresento aqui apenas o material básico. É claro que guardo alguns pulos-do-gato para vocês tomarem conhecimento quando comprarem e lerem A Receita. Passemos às regras de ouro:


- Regra I. Invente algo cuja eficiência não possa ser comprovada.

Isto é fundamental. Se sua idéia for realista, você está frito. Se for algo palpável, mensurável, não dá certo. Os ingênuos não acharão graça e os racionais vão cobrar os resultados. Você pode acabar na Justiça, respondendo a inúmeros processos contra propaganda enganosa. Fale sobre causas (seu método) e conseqüências (os resultados desejados pelos leitores), mas tome o cuidado de definir tudo de modo que uma coisa não tenha relação com a outra. Crie procedimentos que eventualmente combinam com os resultados desejados. O importante é que uma coisa possa levar à outra. Ou não! Resumindo, não há relação de causa e efeito entre o que você recomenda e o que acontece, mas você deve falar o tempo todo sobre esta vinculação. Por exemplo: se você oferecer a cura de uma doença, escolha alguma daquelas que eventualmente se curam sozinhas. Assim, você sempre terá a seu favor aquelas pessoas que se curaram e que jurarão que foi você o responsável. A homeopatia é mais ou menos assim e faz o maior sucesso. Se o sujeito se cura, é um milagre, se morre, dizem que era seu destino.

- Regra II. Dê exemplos de sucesso do seu método.

Isso! O povo adora generalizar um caso de sucesso. Como diz o meu ditado: “Para um bom ingênuo, um caso de sucesso vale mais que cem fracassos.” Relate casos de curas médicas extraordinárias. É claro que não precisa ser verdade. Pode inventar. Conte de gente que ficou milionário com suas dicas. Não precisa exagerar e contar que um moto boy, depois que leu seu livro, teve um caso com a Gisele Bündchen. Vá mais devagar. Por que não dizer que VOCÊ teve um caso com ela? Se o objetivo do método for fazer fortuna, descreva como pessoas ficaram milionárias com ele. Diga que Bill Gates foi um de seus seguidores. Claro que a relação dele com você é secreta e, portanto ninguém sabia disso antes de você decidir contar ao mundo.

- Regra III. Cite sábios e cientistas que utilizaram suas recomendações.

Cite personagens antigos brilhantes (Galileu e Einstein são boas pedidas). Isso contribui para dar uma aura de científico à sua proposta, por mais estapafúrdia que ela seja. Esta respeitabilidade falso-científica é cultuada pelo leigo. Gente com títulos pomposos agradam bastante. Em O Segredo, a autora começa citando o renomado “Dr. Joe Vitale, Doutor em Ciência Metafísica”. Seja lá o que isso for, temos que concordar: essa Rhonda Byrne é genial!

- Regra IV. Não fique só na conversa, proponha um método.

Em determinado momento de sua obra, proponha um método bem rigoroso para seus seguidores. Veja o exemplo do método Dentifrício do Dr. Snow. Ele professava que a pessoa deveria escovar os dentes todos os dias, após o café da manhã, e, neste momento, olhando firme para a sua imagem no espelho do banheiro, estabelecer um objetivo de crescimento pessoal, sentimental ou profissional para atingir naquele dia. Notem que o exemplo é meio idiota. Não poderia ser de outra forma, pois inventei agora mesmo. Mas ele serve para mostrar a necessidade de você propor alguma coisa. Não pode ficar enrolando o crédulo leitor sem oferecer nenhuma proposta para ele. Proponha um modelo de ações que o leitor deverá fazer que o leve a ter sucesso no amor, no dinheiro etc.. Cuide para que haja alguma ambigüidade nas regras para seu seguidor poder explicar mais tarde seus fracassos. Ele ficará convencido que não teve sucesso por não ter cumprido as regras da maneira certa. O bom dessa abordagem é você se proteger de cobranças futuras quanto aos resultados. Se o pobre coitado não consegue criar uma nova Microsoft, concluirá que não foi bem sucedido porque não se esforçou, não acreditou o suficiente ou não seguiu corretamente suas estranhas regras.

- Regra V. Apele para o místico.

O místico não tem mesmo explicação. Nada é tão alucinado como Florais de Bach ou emanações de Reiki, mas a rapaziada acredita. Use o misticismo sem cerimônias. Como é impossível de explicar, suas explanações parecerão complexas e darão brilho e sofisticação a seu método. Acrescentar algumas práticas indianas pegam muito bem. Quanto mais distante geograficamente ou no tempo for a civilização citada, mais o povo se exalta com suas sábias palavras. Diga, por exemplo, que os originais do seu método foram encontrados em pergaminhos escritos em aramaico antigo, num deserto entre os rios Tigre e Eufrates. Pode abusar na dosagem sem se ruborizar. Você verá como sempre surgirão crentes para sua conversa.

Há uma variante dessa regra: “combinar as regras IV e V”, ou seja, misturar o pseudocientífico e o místico. O artifício mais comum é usar a física quântica. Faça declarações peremptórias sobre a teoria quântica, incluindo que ela seja o elo entre o místico e o científico. Com essa conversa você mostrará que o místico funciona e que a ciência séria não pode explicar tudo. É eficiente. A teoria quântica é excelente material. Ninguém entende direito e seu charme é irresistível.

- Regra VI. A embalagem. Atenção total para a forma.

Seu livro deve ser de capa dura. A razão é simples: todo mundo acha que um livro de capa dura é mais sério que uma brochura. E não se esqueça de escrever pouco. Seus leitores não querem literatura, querem ficar ricos e famosos. Recomende a seu editor usar títulos com letras grandes, que o texto seja em letras avantajadas e que haja boa distância entre os parágrafos. Fotos que preencham páginas inteiras também são úteis para aumentar o volume do seu livro, compensando o minguado texto.

Dependendo do seu projeto, nesses nossos tempos modernos, é recomendado combinar várias mídias. Lance logo um DVD, que é muito bom para atender ao público mais sincero, que não quer ler nada mesmo e prefere um filme. Vídeos postados no You Tube podem ser úteis. Há que tomar cuidado, pois a vanguarda tecnológica não é bem vista para lançar “segredos” antigos que podem mudar sua vida. Ou seja, o bom e velho livro de papel ainda tem a pompa adequada para lançar um best seller de auto-ajuda. Eu vou fazer assim com A Receita. Rhonda fez no início com O Segredo.

- Regra VII. Não seja modesto em suas promessas.

Não se limite a dizer que o sujeito vai ganhar R$10 mil com as práticas que você recomenda. Diga logo que ele vai “bombar” e ganhar um milhão! Por outro lado, mesmo que venha a ter que responder a um processo por curandeirismo, não diga que vai curar o resfriado do leitor, diga que suas recomendações vão impedir que ele tenha qualquer doença ou vão curá-lo de um câncer terminal. A autora de O Segredo é muito ousada no uso dessa regra. São suas palavras: “Você sabe que as crenças sobre envelhecimento estão apenas em nossas mentes. A ciência explica que temos um corpo inteiramente novo em pouco tempo. Envelhecimento é pensamento limitado…” Não entendi bem o ponto de vista da esperta Rhonda Byrne, penso que ela tenha delirado um pouco nesse trecho do livro. Mas, em vista do sucesso que alcançou, ela é a prova viva (e rica) de que ousar na regra das promessas dá bom retorno.

- Regra VIII. O “efeito placebo” ou “aplacador de consciências”.

Talvez haja algo de bom nos livros de auto-ajuda. Use sua conversa sem sentido para fazer o bem. Desenvolva um projeto que leve as pessoas a se esforçarem em conseguir as coisas. Se seu esquema não cura nem leva o sujeito a ter qualquer tipo de sucesso, pelo menos não o mate nem conduza o infeliz a falência. Direcione para que as pessoas que caírem em sua história se concentrem em buscar o sucesso, isso pode lhes fazer bem. Se suas propostas lhes derem o foco nos problemas, será um fator indireto que pode resultar em algo de bom. Você será um fator motivacional para os leitores. A fé que você pode embutir num discípulo de sua seita de auto-ajuda pode levar o sujeito a trabalhar duro e vencer na vida. Também pode movê-lo a se sentir melhor mesmo estando para morrer. Pode retirá-lo de um estado de depressão que seria ruim para sua saúde. No mínimo ele poderá morrer mais feliz. É o efeito placebo, você não deu nada para o sujeito, mas, mesmo assim, ele melhora. Percebeu? Você será quase um santo! Magnífico. Você pode ficar rico e famoso e ainda dormir tranqüilo por ajudar aos outros.

- Regra IX. Seja fiel àquele que lhe conduziu à fortuna. Quem? Sou eu!

Depois de ficar milionário colocando em prática minhas sugestões, não se esqueça de me escrever (por favor, use o link de comentário mais abaixo) pedindo o número da conta. Faça um depósito polpudo em retribuição aos serviços que prestei ao lhe dar esta grande idéia. Agradeço desde já.

Em tempo, o livro O Segredo é um caso de sucesso da utilização das valiosas regras que passamos a vocês aí atrás. Rhonda Byrne foi uma de nossas mais aplicadas discípulas. Ela pecou apenas por não utilizar a Regra IX. A ingrata não nos repassou nem um dólar sequer. E para terminar citamos uma pérola dos ensinamentos de Mrs. Byrne: “A única razão pela qual uma pessoa não tem dinheiro suficiente é estar impedindo com seus pensamentos que o dinheiro chegue até ela.” Pois é, deixe de ser incompetente, pare de pensar negativo, compre meu livro, use nossas regras, fique rico e deposite dinheiro na minha conta. Aguardem meu futuro sucesso de vendas: o livro A Receita.

(Ernesto Friedman)


você pode comprar este livro agora pela internet 


68 ideias sobre “Como ganhar dinheiro com o segredo de “O Segredo”, de Rhonda Byrne

  1. Mariane

    A Lei da Atração é verdadeira, mas não devo descartar que a editora usou uma boa estratégia de marketing para vender o livro.

    O problema é que as pessoas acham que é só “pensar positivo” que tudo que elas querem vai aparecer milagrosamente em suas vidas e não é bem assim. Pense positivo sim, mas também se sinta no bem e ,o principal de tudo, vá atrás de seus sonhos e os torne realidade!

    Responder
  2. Jose

    Fico triste e m ver que no mundo existe pessoas tão sem noção, capazes de jogar tamanha água fria em qualquer ser huumano, muitos desse seres humanos, estão realmente precisando acreditar em algo seja a bíblia ou o próprio livro o Secret, pois estão desapontados com tamnha falta de respeito de nossos governantes que roubam bilhóes de dinheiro todos os dias de baixo de nossos nariz e não podemos nem fazer nada e quem pode nem quer falar no assunto, acho um profundo desrespeito alguém dizer que o livro é demoníaco, acredito que ninguém é forçado a adquiri-lo, vivemos num país livre, vamos onde queremos e compramos o que queremos lemos os que queremos não cabe a mim ou qualquer pessoa dizer para ninguém esse presta esse não presta, outra coisa, acredito profundamente que somos quem queremos ser, e tudo depende da nossa força de vontade, nosso pensamento e a nossa Fé Inabalável, seja ela na força do universo ou não eu mesma prefiro dizer que a força maior que rege a minha vida, a força maior que conduz minha Fé inabalável é Jesus, cada um cria ou foa sua fé em algo ou como desejar, cada um faz o que quer da sua vida e ponto, agora o princípio de tudo deveria ser o respeito entre os seres, tipo eu respeito qualquer religião, e gostaria que me respeitassem, tenho meus direitos e minhas obrigaçõeos, fica aqui meu desabafo, e deixo meu testemunho, o livro secret mudou minha vida sim, com a força da minha Fé em Jesus, a força de meu pensamento já realizei muitos desejos, e digo mais vou realizar muitos outros inclusive financeiros, e vou voltar aqui para testemunhar o que consegui, porque já estoou em processo de receber e ter tudo o que desejo inclusive mito dinheiro, e não venham me dizer, que não precisa ter dinheiro para ser feliz, provavelmente vc já tem dinheioro mais do que o suficiente para viver e Deus te abenções para que continue a ter sempre. Mais deixo aqui meu recado, não devemos fazer para os outros o que não queremos para nós mesmos, então se queremos respeito devemos respeitar a opinião de todos, se eu quero ler a Bíblia eu leio a Bíblia, se eu quero ler um livro de auto ajuda, além da bíblia, eu posso ler e pronto.

    Responder
  3. eliana

    o unico livro que realmente se compromete ajudar alguem é a biblia sagrada, nao precisa ser rico para ser feliz, uma coisa nao tem nada a ver com a outra, precisamos sim ter pensamento positivo e ir a luta. observe na sua biblia o texto de mateus cap 4;8 o diabo diz a jesus se fizeres um ato de adoraçao te darei todas as riquezas do mundo jesus deu a resposta, tenha cuidado aprenda com o exemplo de jesus.

    Responder
  4. MANUEL LEAL

    TENHO VISTO MUITA COISA MAS COMO ISTO NUNCA VI, ALGUNS DOS LEITORES CAIRAM NA ESPARRELA DESTE CHARLATAO QUERENDO PASSAR A PERNA AOS HUMILDES, AOS CRENTES, SEJA DE QUALQUER RELIGIAO FOREM, MAS QUE TEM A SUA FE, SUA FE CLARO QUANDO SEGUEM A DEUS DE VERDADE, QUERO DIZER A ESSE AMIGO QUE ERROU AO TENTAR PASSAR A MENSAGEM NEGATIVA, PARA A POSITIVA, QUANDO APROVEITAR-SE DE ALGUEM NESTE MOMENTO FRAGIL, NO MEIO DE MILHOES E BEM NATURAL QUE ALGUEM IRA DIZER ACERTEI AGORA NA LOTARIA, NO EUROMILHOES, NO TOTOBOLA,ETC. E MUITO BEM CAPAS DE ENVIAR PARA ESTA PESSOA UMA RECOMPENSA POR TER VISITADO ESTE SIT. POR OUTRO LADO ATACAR RELIGIOES, COMO POR EXEMPLO RELIGIAO CATOLICA, SENDO SERTO QUE A IGREJA CATOLICA E A IGREJA QUE MAIS SE PRIOCUPA COM A HUMANIDADE NAO DEIXO DE DIZER K NAO TENHA OS SEUS PODRES MAS NAO VAMOS AGORA JULGAR O INOCENTE POR CAUSA DO SEU AMIGO, CHAMA-SE A ISTO OPORTUNIDADE, QUANTO AS IMAGENS, MEDALHAS, ETC, ETC, EU AFIRMO QUE NA VERDADE AS PESSOAS QUE AS PROCURAM E AS TEM SAO FELIZES, SABES PORQUE ALEM DE ACREDITAR QUE EXISTE ALGO ACIMA DE NOS, PORQUE TE-EM FE, MAS SE POR VENTURA AS IMAGENS NAO FIZERAM BEM MAL TAMBEM NAO FIZERAM. AGORA QUERO DIZER QUE NA VERDADE TEVE UM BOM TALENTO MAS E SO PARA OS MAIS DESTRAIDOS, ACREDITO TAMBEM QUANTAS PESSOAS NAO BURLASTES, MAS ENQUANTO TU GOZAS A CUSTA DOS DESGRAÇADOS IRAS PRESTAR CONTAS E NAO DORMIRAS DESCANSADO. AGORA CUIDADO AMIGOS LEITORES NAO CAIAM NO CONTO DO VIGARIO.

    Responder
  5. jesus de nazare

    deposite sua oferta .nao importa o valor; agencia; 7366 conta; 07939-5 banco itau. determinarei bencao e prosperidades.pois eu pergontei ao mestre , e ele mem respondeu; tudo e meu.

    Responder
  6. Euro Brasílico Vieira Magalhães

    Obrigado pelo auxílio:
    Rio de Janeiro, 23 de março de 2.011.

    À Igreja Católica no Brasil

    Assunto: Venda de objetos religiosos e de fé
    Anexo: Correspondência e objetos enviados pela Associação Católica Nossa Senhora de Fátima.

    Recebi uma carta datada de 19 de março de 2.011, proveniente da Associação Católica Nossa Senhora de Fátima, com sede a Rua Diogo de Brito, 41 – Santa Terezinha – São Paulo – SP, supostamente assinada pelo Padre Lourenço Ferronato, EP, Assistente espiritual do Centro Mariano.

    Nessa carta a Igreja vende favores de N. Senhora e realiza a discriminação social, praticamente se utilizando do método de chantagem para obrigar as pessoas que realmente têm fé, a pagar pelo valor que lhe são impostos como mínimo, no caso, R$ 300,00, ao já lhe enviar uma imagem da Santa, tudo em acabamento muito bonito (a caixa, o embrulho, os documentos) “em troca da solução de minhas angústias, problemas, tudo.” “… por Nossa Senhora e de missas e depósitos no altar da futura igreja, de minhas intenções, por Sacerdotes Arautos do Evangelho.”“

    A discriminação social é claríssima em alguns trechos, como: “…nós queremos uma igreja bonita…” e “… carta para um grupo selecionado de pessoas.”.

    Em priscas eras a Igreja Católica teve tantos problemas com a venda de indulgências, que quase se desmanchou, cindindo-se em várias religiões, que passaram a ser chamadas de Protestantes. Será que procuram novamente algo semelhante???

    Também observei que o endereço citado não existe em bairro chamado Santa Terezinha, mas sim em Santana, onde parece não existir nenhuma Associação. Em S. Terezinha existe sim uma rua chamada Diogo Árias.

    O site http://www.acnsf.org.br/ realmente apresenta o Padre Lourenço e parece ser coisa séria, mas os endereços da carta não batem e tudo tem cheiro de estelionato.

    Há anos tenho recebido, no mesmo sistema, medalhinhas, calendários, livretos e outros badulaques, com a s mesmas cobranças e ofertas divinas e comungo totalmente a opinião encontrada no site http://polemikos.com/?p=281 ,

    “Trata-se de pura charlatanice alguém dizer que uma medalha distribuída aos montes pelo correio tem poderes mágicos para proteger as pessoas. O padre Lourenço Isidoro Ferronato, que se intitula Assistente Espiritual e Coordenador e pertence à Associação Católica Nossa Senhora de Fátima, assina o texto e diz que seu objetivo é enviar a Medalha Milagrosa a cada brasileiro. Se ele tem essa crença e deseja usar seu tempo e dinheiro (pouco dinheiro, pois a medalhinha parece ter baixo custo de fabricação) numa campanha de distribuição de medalhas, não há problema. Se ele acredita em milagres e quer divulgar suas curiosas idéias, que vá em frente.

    Aí o dinheiro entra na história. Depois de apresentar casos fantásticos em que pessoas se salvam de tragédias à custa da “proteção” da dita medalha, o texto do padre repete que quer divulgar “para todo o Brasil essa importantíssima devoção” e lá vem a facada: “Por isso tomo a liberdade de pedir-lhe uma contribuição…” A solicitação de dinheiro se clareia. Ele pede “pequenos donativos” de R$10, R$20 ou R$50. Acrescenta que são apenas sugestões, você pode “enviar qualquer quantia, de acordo com suas possibilidades ou com o que Deus lhe inspirar a dar.” Junto do texto cheio de promessas grandiosas e implausíveis, vem um realista e palpável boleto bancário. O padre se refere à coleta de grana como uma “campanha”. Pelo que entendi é adotado um modelo de pedir dinheiro via “spam”, onde milhares de cartas são enviadas solicitando o “donativo”. Um bom percentual deve acatar o pedido.”

    E no site http://miltons100cores.blogspot.com/2008/08/f-em-domiclio.html encontramos mais contestações sobre tal sistema estelionatário que usa a fé dos católicos e inclusive a ligação dessa fé com o medo de demônios e de inferno:

    “Hoje, logo que cheguei à porta do meu apartamento, encontrei uma correspondência endereçada a mim de um lugar chamado Associação Católica Nossa Senhora de Fátima. Dentro de um envelope dourado havia um estojo com a imagem de uma santa (deve ser a mencionada a poucos), um boleto e uma singela carta ressaltando a importância de termos uma “chave do Céu” para nos aliviar das perturbações do mundo atual.

    E como ultrapassar as portas do Paraíso? De acordo com o que recebi, elas se abrirão através de um terço prateado com contas de cor ocre e um livro de orações que tem na contracapa a imagem de Bento XVI. E claro, como todo ingresso, há um preço. Caso você não saiba quanto pagar, o título bancário lhe dá a sugestão de pagar 20, 30 ou 40 reais.

    Qualquer semelhança com a compra de lotes no Céu vendidos pela Igreja Católica na Idade Média é mera coincidência? Eu, pessoalmente, acho que os mais de dois mil anos de história desta instituição religiosa denunciam muito contra ela. Isso, sem mencionar a forma como são conduzidos atualmente assuntos como métodos contraceptivos, AIDS e homossexualismo.

    Aos católicos de plantão: não estou pregando aqui a intolerância ou à falta de respeito à fé alheia. Apenas questiono as práticas atuais desta inquestionável poderosa instituição.”

    A MANEIRA DE SE ENRIQUECER ATRAVÉS DA ENGANAÇÃO E DA ILUSÃO DA BOA-FÉ E DA CRENÇA DE MILHÕES DE PESSOAS É ESPERTAMENTE UTILIZADO PELAS EQUIPES DE MARKETING DE UM TAL DE LULLA DA SILVA E SEUS QUARENTA LADRÕES, NO BRASIL, ESTÁ DESCRITO ABAIXO:

    “O grande segredo é saber como escrever obras de qualidade duvidosa que tenham apelo popular e faturem milhões.” http://polemikos.com/?p=16 :

    - Regra I. Invente algo cuja eficiência não possa ser comprovada.
    - Regra II. Dê exemplos de sucesso do seu método.
    - Regra III. Cite sábios e cientistas que utilizaram suas recomendações.
    - Regra IV. Não fique só na conversa, proponha um método.
    - Regra V. Apele para o místico.
    - Regra VI. A embalagem. Atenção total para a forma.
    - Regra VII. Não seja modesto em suas promessas.
    - Regra VIII. O “efeito placebo” ou “aplacador de consciências”.
    - Regra IX. Seja fiel àquele que lhe conduziu à fortuna. Quem? Sou eu! (Ernesto Friedman) Publicado em 14 outubro 2007 por Ernesto Friedman

    Agora façamos um exercício simples de volume financeiro de tal estelionato, considerando os seguintes dados:
    1- 1000 endereços em 10 bairros de classe média e média alta das grandes cidades: 10.000 cartas
    2- Só 50 cidades entre capitais, grandes e médias cidades do Brasil: 500.000 cartas
    3- Valor estimado a arrecadar: 500.000 x 300,00 (o mínimo para compensar com os que não responderão) = R$ 150.000.000,00
    4- Pois é, só essa brincadeirinha, calculado muito por baixo, pois imagino que eles enviem mais de 1 milhão de cartas para todo o Brasil, renderá à essa máfia no mínimo uns R$ 150 milhões de reais.

    Feitas as devidas explicações supracitadas e incluídas as sábias análises de outrens sobre enganação dos trouxas, venho mui respeitosamente solicitar à direção da Igreja Católica no Brasil que tome as devidas providências junto as esferas públicas judiciais do governo brasileiro para se coibir tão grandioso ato de estelionato, não o do Lulla da Silva, porque esse é apoiado por esses mesmos órgãos e dará em nada, mas o dessa suposta Associação Católica Nossa Senhora de Fátima, pois não acredito na veracidade de tais fatos e muito menos que tais pessoas e documentos representem a Igreja Católica.

    Euro Brasílico Vieira Magalhães – eb5@uol.com.br

    Responder
  7. Tatiane

    Olá amigo.

    Não li tudo que você escreveu, so os primeiros paragrafos, e digo que concordo com você em genero numero e grau.

    Responder
  8. Anne

    Caros leitores vamos deixar de tantas bobagens, o livro “o segredo” tem sim muito a nos ajudar e orientar nossos pensamentos, não precisamos levar tudo ao pé da letra, com um pouquinho mais de inteligência podemos compreender a idéia desse livro, que é acreditar em nós mesmos e tomar as rédeas de nossas vidas, quantos se veêm tristes, condenados ao derrotismo, a falta de ânimo e acham que são pobres coitados, que não merecem a vida que tem, que Deus é injusto. Mas não fazem nada para melhorar, acham que tudo vai cair do céu e principalmente não tem fé, como muitos dizem ” a fé move montanhas”, então por que não acreditar no nosso potencial, ter sim pensamentos positivos, isso só vai trazer coisas boas para nossas vidas, vai nos fazer mais felizes. Não é receita, é apenas uma orientação que muitos de nós precisamos para uma vida melhor. Vivemos hoje em mundo em que as pessoas estão cada dia mais cansadas, desanimadas, veem a vida como se fosse uma dureza, só reclama de tudo, mas não fazem nada para mudar. É esse pensamento que tirei do livro, precisamos acreditar mais, ter fé e ir a luta, sem reclamações!!!!!!!!!!
    Viva intensamente, viva em plenitude!!!!!!!!

    Responder
  9. Renata

    Se ela sabia do segredo pra ganhar dinheiro porque ela escreveu o livro? Porque com o livro sim ela ganhou dinheiro! rs Parece mais auto-ajuda, tem tanta coisa com mais conteúdo pra ler. Não vamos subestimar nossa inteligência.

    Responder
  10. anonima

    os comentarios nao sao ruins , mais eu conheço alguem que fez um projeto de sua propria ideia claro e ganhou mais de 2 milhoes de francos , so isso ideias ajudam muito as pessoas ideias proprias sem essa de copiar em livra as veze s nao funciona

    Responder
  11. MMeng

    Quando mentalizamos e focamos algo – o segredo- não nos distraimos com besteiras…é só isso…alta concentração naquilo que se quer, por isso, as coisas acontecem mais rápido. Não tem misticismo ..é só foco, dedicação mental e “braçal ”
    1 abraço

    Responder
  12. António

    Fui hoje confrontado com o desejo de uma pessoa amiga querer adquirir este livro para oferecer, mas por sorte dessa pessoa o livro encontrava-se esgotado, fiquei curioso e consultei a net. e depois de ler alguns artigos, cheguei a este que na minha opinião é clarificador de quanta gente anda neste mundo a ganhar dinheiro à custa de pessoas mais frágeis, um abraço e obrigado.

    Responder
  13. Silvio

    olha voce esta comparando a biblia com o segredo… não devia são duas coisas totalmente diferente,e o segredo não é demoniaco.
    a lei da atranção como eles dizem é simplis ezemplo:e fazer voce pensar mais positivo,veja bem, voce decide montar um negocio chega alguem em voce e diz,voce esta louco isso não vai dar serto e voce não monta e não vai ganhar dinheiro porque foi um pensamento negativo que induziu voce a não fazer nada,agora chega alguem,e fala legal monta eu acho que voce deve procurar um consultor em negocio antes para voce analizar antede abrir… resumindo voce comesou a fazer alguma se não ganhar dinheiro ganha esperiencia e é assim por diante.

    Responder
  14. EL COMEDOR

    CARA A UNICA FORMA DE GANHAR DINHEIRO QUE EU CONHEÇO É SER HONESTO E TRABALHADOR. E TER UM POUO DE PENSAMENTO POSITIVO. VLW

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>