a Mulher do Ano de Polemikos de 2013

20140101-120432.jpg
(A partir de foto em BuzzFeed)

Podia ser a Fernanda Torres que nos presenteou com seu livro Fim, no final do ano, dando início a carreira promissora de escritora. Desejamos sucesso a Fernanda. Outra Fernanda também brilhou, mas foi no terreno lodoso da FIFA. Sua aparição como apresentadora apagou o interesse pelos chutadores de bola e cartolas atolados em dinheiro do futebol. A moça caracterizou o que seria o padrão FIFA de beleza feminina. Um espetáculo! Outra moça que povoou o imaginário do povão foi o Félix, personagem da novela das oito, que começa as nove. Mas ele fica mais bem classificado competindo em outra categoria. Acreditem, não lembro de outras mulheres com destaque. É a típica memória fraca do brasileiro.

Então, tornamo-nos internacionais. Em tempo de superficialidade e busca de fama a todo custo, fomos buscar a ex-Hanna Montana, ídolo (ou é ídola?) das meninas adolescentes, Miley Cyrus para receber o prêmio.

Continue lendo a Mulher do Ano de Polemikos de 2013

exercício cura qualquer coisa

Copiando o subtítulo do artigo em Digg: “esperamos que masturbação conte como ginástica”.

If there were a drug that treated and prevented the chronic diseases that afflict Americans and we didn’t give it to everyone, we’d be withholding a magic pill. If this drug was free, in a country that spends more than $350 billion annually on prescription drugs, where the average 80-year-old takes eight medications, we’d be foolish not to encourage this cheaper and safer alternative as first-line treatment. If every doctor in every country around the world didn’t prescribe this drug for every patient, it might almost be considered medical malpractice. We have that drug today, and it’s safe, free, and readily available.

Exercise has benefits for every body system; it is effective both as a treatment and for prevention of disease. It can improve memory and concentration, lessen sleep disorders, aid heart disease by lowering cholesterol and reducing blood pressure, help sexual problems such as erectile dysfunction, and raise low libido. Exercise does it all. Even with cancer, particularly colon and recurrent breast cancer, the data show clearly that exercise is a deterrent. Newer studies on a glycoprotein called Interleukin 6 suggests that general body inflammation, a factor in almost every chronic disease, is reduced by regular exercise.

(extraído de Slate Magazine)

não fiquei milionário de novo

A loteria de final de ano não sorteou os números certos novamente. Péssimo serviço. Por falar em serviço ruim, fiquei impressionado com a arrecadação, foram 758 milhões de reais. O prêmio da Megasena da Virada foi de apenas (!) 220 milhões. Entendi que a diferença fica como impostos para o governo. Somando-se este aos outros tantos bilhões que os exímios gestores da coisa pública nos surrupiam todo ano, podia ser um pouquinho melhor o serviço público prestado. Um pouquinho melhor a saúde. Um pouquinho melhor a educação. Um pouquinho melhor a segurança. Um pouquinho melhor os transportes. Bota um pouquinho melhor nisso.

Natureza dá seu recado no final de ano

20140101-104944.jpg

Os dias que antecederam 31 de dezembro mostraram céus magníficos no Rio. A combinação com nuvens de chuva gerou bonitos arco-íris. No dia 31, formou-se um paredão de nuvens lá paras bandas da Zona Norte, que ameaçava estragar a festa dos fogos em Copacabana. Curiosamente, as televisões ignoraram a possibilidade de um temporal. Ou têm acesso a informações mais precisas sobre o clima, ou não quiseram alertar o público para não diminuir a participação da população na festa. E se o temporal se confirmasse com 2 milhões de turistas nas ruas esperando os fogos? Certamente seria uma tragédia impossível de prever. Uma fatalidade, como nossos governantes gostam de classificar. As nuvens eram de chuva mesmo. Na Pavuna, zona de pecadores ou que pagam pouco IPTU, choveu forte e teve até granito.

Pra mim, temente às superstições em geral, foi uma mensagem dos céus. A Natureza informa gentilmente que o povo brasileiro pode ser otário, mas ela não está nem aí, se tiver que chover, ventar, alagar o país onde as verbas de obras desaparecem, o céu vai cair na cabeça do populacho.

Todos alertados, feliz 2014.

Não precisamos nos preocupar em 2014…

A questão climática está piorando. Devagar, os problemas vão ficar maiores devido às condições do clima. O aquecimento global é um processo que se retroalimenta, acelerando os efeitos sobre vários aspectos da vida atual, como colheitas, catástrofes, ou mudanças radicais em extensas regiões do planeta. Podemos ir nos preparando para ver áreas equatorianas tornarem-se inabitáveis. Ao mesmo tempo, regiões da Groenlândia, antes congeladas, podem se tornar de clima mais ameno.

Mas, usando o modelo de pensar dos governantes, não há problema, em 2014 nem vai dar para notar o que vem por aí.

Climate change may be far worse than scientists thought, causing global temperatures to rise by at least 4 degrees Celsius by 2100, or about 7.2 degrees Fahrenheit, according to a new study.

Tá dando vontade de voltarmos a escrever aqui