… e o povo não foi pra rua. 

As passeatas nesse domingo tiveram baixa adesão. Vamos penar por isso. Deputados e senadores estão em polvorosa, buscando maneiras de escapar da Lista do Janot. Ficarão mais ousados. Tentarão emplacar a reforma política, diga-se implantar a lista fechada, que garantirá aos facínoras um lugar compulsório na cédula eleitoral. Aí, eleitos, eles ganham foro privilegiado e seus julgamentos vão pras calendas. 

Estamos brincando com fogo. O povo tá de saco cheio dos políticos. Sair de casa no domingo de descanso e relembrar a cambada de ladrões que compõem o governo é dose. Ninguém quer mais  ficar jogando pedra no que acham ser cachorro morto. Não são. Estão bem vivos e ativos. Só esperam uma oportunidade para dar o bote. Se cair um avião, eles aproveitarão o desvio de atenção no noticiário e tentarão emplacar uma lei de responsabilidade ou a malfadada Lista Fechada. O objetivo maior é sabotar a Lava Jato. Se não conseguirem, ficar fora da prisão a qualquer custo. 

Mas o povo vai reagir. É aí que mora o perigo. O povo revoltado nas ruas dá merda. Tem quebra-quebra. Tem feridos e mortos. A coisa pode desandar. Tudo que os  operadores de caixa dois querem: melar o jogo. 

Atenção. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.