Gordes e Roussillon, França

As duas cidades próximas (ver o mapa) exibem o contraste entre a pedra e o barro. O contraste das cores dessas duas cidades, cada uma bela a seu modo, recomenda visitá-las numa mesma estirada. Gordes se especializou em construções com pedras. Roussillon tirou partido de sua terra colorida para definir sua imagem.

Gordes é uma das mais belas vilas da Provence. Como outras, segue o modelo de se situar numa montanha, com uma vista privilegiada para a planície em frente. A combinação de suas construções forma conjunto harmonioso que corresponde às cidades de nossos sonhos. Podemos dizer que ela está entre os grandes “retratos” de cidades. O uso da pedra nas construções de Gordes dá um tom árido à cidade quando vista de perto. Entretanto, não é nada que atrapalhe a beleza de suas ruelas e cafés. É visita inevitável para quem passa pela Provence. A foto abaixo é aquela “clássica”, que tiramos quando chegamos a entrada da cidade. Até o filme “Um Ano Bom”, passado na Provence, utilizou esta imagem.

gordes

Roussillon é a cidade do ocre. A terra das encostas de seus morros tem essa cor. A cidade parece um ensaio sobre variações do ocre. O efeito é muito bom. A cor quente torna a cidade aconchegante e convidativa aos passeios a pé.

roussillon


O parque onde a terra exibe a famosa cor merece uma visita. A foto abaixo mostra o paredão que domina a área do parque.

roussillon

De novo, lembro a vocês que como passei por estas cidades fora da temporada, elas estavam arrumadas para eu ver as casas e tirar fotos, mas, infelizmente, pareciam desertas e sem os cafés abertos para saciar meu vício. A combinação de cores das casas de Roussillon é um convite para fazermos belas fotos. Deixo mais uma.

roussillon

[Gustavo Gluto]
Copyright © [Polemikos]. Todos os direitos reservados.



3 comentários em “Gordes e Roussillon, França”

  1. Olá,
    Estamos planejando,eu e meu marido,uma viagem p/ Provence e Paris em Agosto,poderia nos enviar mais dicas p/ Agosto – 15 dias
    Obrigada

    Respondendo: Oi Claudia. Não tenho mais dicas sobre a viagem na região. Deixo sua consulta para os visitantes ajudarem. Boa viagem.

  2. Olá! achei interessante essa cidade, sou formada em turismo e ainda pretendo visitar a França, e vou seguir suas dicas.

  3. Olá!
    Meu nome é Mirian Cris. Sou pesquisadora de cultura, artesã, violeira e escritora. Estudo francês (sou iniciante). Meu novo livro, que se chama Ocre – Fragmentos de Arte, será lançado em breve. Por isto me interessei por esta bela cidade da França.
    Gostaria de receber mais informações sobre ela
    Obrigada!
    Mirian

Deixe um comentário para Juliana Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.